terça-feira, 22 de outubro de 2013

Sobre Saudade



Minha saudade não é dessas comuns;
Não chora;
Não me desfaz.

Minha saudade se mede em distância
160 Quilômetros ou pouco mais.

Saudade-estrada que segue retas,
Cruza curvas perigosas,
Sobe serras, desce pontes.

Saudade-lanche que alimenta meu amor,
Meu sorriso, meu beijo.
Minha paz.

Minha saudade é nome de mulher,
É cabelo ao vento, olhar ingênuo.
É suor, é sorriso, é música.

É moça pequena,
Pele porcelana,
É anjo, é flor.

Minha saudade é saudade de rir com ela
De encostar nossas bochechas, de cheirar-lhe a testa,
Repousar em abraços.

Minha saudade é estrada, é distância.
É mulher, é amor.

Minha saudade é um pôr-do-sol tranquilo.

Minha saudade é dela.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates