sábado, 28 de janeiro de 2012

Dias Em Linhas

Poesia...

Ser poesia é fácil;
Ser versos, rimas,
Virar estrofe,
Descansar e ser outras depois.

Difícil,
Difícil mesmo é ser saudade;
É ser silêncio,
Olhar a vida de longe.

Ser ponto final em lugar de reticências.

Daí o choro, o frio,
Essa vontade de abraçar meu pensamento,
De beijar,
De criar esse mundo perfeito pra gente viver junto.

É que a vida se cria em versos curtos,
Estrofes longas,
Pontos finais desnecessários,
Sonhos, desejos e falta deles.

Assim que a gente se perde.
Eu,
Você,
Todo mundo.

Achamos, depois.
E matamos a saudade e a temos de novo.

Por isso a poesia vem fácil.
Milhares dela.

E somos então só isso.
Reunidos em pensamento alegre e triste.

Sendo versos, linha após linha;
Dia após dia.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates