domingo, 25 de dezembro de 2011

Proposital Lentidão

Amo lentamente.

Teu calor, sinto;
Teu cheiro espalhado em mim;
Tuas marcas, lentamente surgidas em mim.

E ouço teu 'eu te amo, hoje',
E me admito, também, amanhã.

Lentamente,
É que olho em teus olhos e entro em ti,
Sinto tua alma, teus sonhos, medos;
Completamente.

E os carinhos, devagar, ocorrem,
E nos apaixonamos um tanto mais,
Encontramo-nos e nos sentimos
E somos um o outro

Amo-te lentamente,
Por, lentamente, o fogo arder mais,
Por, lentamente, as palavras serem mais sentidas,
Por, lentamente, eu também te sentir mais.

Amo lentamente,
E meu beijo se vai mais apaixonado,
Mais teu.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates