quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Rios de Janeiro


Cai a chuva,
Escorre.

Leva embora a tristeza;
Leva embora as diferenças;
Leva também a alegria;

Leva a vida.

Rios surgem e se vão.
Rios de água,
De suor, gente,
De lágrimas.

Dor.

Rios de janeiro
Belos e trágicos.
Fúria de Deus e do homem.

Para um mundo.
Pára, um mundo.

E, à margem,
Um pedido de piedade,

Piedade, apenas.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates