sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Sobre Marias


Maria,
Maria como tantas outras:
De choro, luta e ira.
Apenas vivia.

Necessidade, talvez.
Talvez opção.

Maria,
Concebida da sorte e da dor,
Alegria de olhos paternos,
Desejo de braços maternos,
(Sobre)Viveu antes mesmo de nascer.

Com seu sorriso de anjo,
E sua mente pura,
A tal Maria.

Maria,
Que de Deus tinha a piedade
E dos homens, a força,
Não pensava no futuro.
Mas, por ele, era pensada.

Sofria,
Calava.
E feliz por tão pouco.

Maria,
Que segurava minha mão,
Meu sorriso possuia.

Boa filha.
Boa irmã.
Boa esposa.
Boa mãe.

Maria,
Uma maria como tantas outras:
Vítima do acaso.

Apenas vivia,
A tal Maria.



*Dedicada à minha mãe e minha irmã, marias como tantas outras, que sofrem, lutam e sorriem.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates