segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Fim do mundo


Acredito no mundo,
Não nas pessoas.

Pelo que vejo,
Pelo que sinto,
Pelo que choro.

Mundo belo, de fato.
Pessoas belas, idem.

Mendigos e executivos,
Comendo o pão amassado pelo diabo,
Endeusando meros pedaços de papel.

E suas crianças,
Elas também.
E sorriem, ainda sim,
Para, depois, não mais.

Planeta terminal.
Sociedade tôla.

Apenas observo,
Enquanto o cheiro de morte e tristeza pairam
E os lamentos de nada mais servem.

Mão erguida.
Polegar para baixo.

Acredito no mundo,
Não nas pessoas.
Planeta terminal.
Sociedade tôla.

Fim.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates