quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Pós-sono


Falava de sonhos enquanto dormia.

A menina de rosto pálido
Olhos ausentes,
Sorriso constante.

Sonhava, falava, sorria.
Dormia.

Juntava as mãos frente ao peito,
Agradecendo à vida,
Falando com Deus, em cada segundo de seu sono.

Ao redor,
Flores murchavam,
Deixando seu aroma em cada porção do cômodo.

Bela menina pálida.
Bela foto de seu passado não tão pálido.

Olhos fechados.
Um sorriso.Adicionar vídeo
Palavras com Deus.
Sonhos.

E uma inocente jovem
Num inocente dia,
Juntava as mãos ao peito.

E falava de sonhos.

E dormia
[Enquanto cânticos ressoavam em desarmonia].

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates