sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Separação


Eu mudei.
Tu mudaste.

Cá estamos.

E a vida, o beijo, o coração ?
E o amor ?
Onde os prendemos ?
Ou os soltamos ?

Tudo soasse belo,
Não fosse o momento ou a dor
Ou a saudade.

Bobo q fui em t querer mudar,
Em me querer mudar.
Em te ver sair e fechar a porta.

Cá estamos.

Desacreditando em bons presságios,
Sucumbindo em meio ao frio da solidão,
Por orgulho ou medo.

Caminhando.
Mãos atadas à beira do precipício.

E numa outra vez,
Quem sabe,
Ligue a luz.

- Acorde-me quando voltar
(Se voltar).

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates