segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Dupla dor ou Morte súbita


Apenas observo à guerra dos desconhecidos.

Infeliz tragédia
Daqueles que se agridem indiretamente.

Bombas, tiros, sangue
- O meu, arremessado a metros de meu corpo,
Corpo estripado por palavras.

Doces e dolorosas ironias,
Pessoas monocromáticas,
E motivos banais.

Olha-me,
Riem,
Choram.

Sepultam em meu peito,
Punhal, angústia e desavença,
Cada qual em seu lugar.

Meu norte e meu sul,
Num duelo de perdedores

Lenço branco e chão sujo.
Sento-me.
Olho uma vez mais.

Calo-me.

Lamento.
Desprezo.

Razão ausente,
Fim iminente.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates