sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Atemporal


Quis t conhecer,
Pouco mais do q os dias jah vividos.

Do silêncio ao som d discussões.

Pousa em mim,
O desconforto.

Desejando t observar menos,
Reparar menos em teus detalhes,
Teus defeitos,
Teus delitos.

Fazê-los ateh insignificantes.

Quis.
Quis mto, mas ñ pude.

Mal destino,
Talvez.

Lamentos de presença constante.
Sem choro,
Ou qlqr outra expressão.

Soh uma última esperança.

Um último fragmento de tempo,
Em meio a tantos outros, antes falhos.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates