segunda-feira, 19 de abril de 2010

P/ Refletir #25

'Bom, eu não pretendia que fosse tão longe como foi
E eu não pretendia me aproximar tanto e dividir o que nós dividimos
E eu não pretendia me apaixonar, mas me apaixonei
E você não pretendia me corresponder, mas eu sei que correspondeu (...)'



Fragmento traduzido da música A Lonely September, do grupo Plain White T's.

~~>http://www.youtube.com/watch?v=d_QK-sXBPAA&feature=player_embedded

domingo, 11 de abril de 2010

Viagem


Quero à ti como à mais ngm

Olhar através dos teus olhos
Ver o universo por tras do teu mundo exterior
Conhecer teu refúgio

Quero sentir teus lábios macios
Deliciar-me como o mel mais doce d tua boca
Embriagar-me no teu sussurrar

Viajar por kd centímetro d teu corpo
Arrepiar tua pele quente ao encontro da minha
Saciar minha saudade d ti

Quem sab apaixonar-me mais
Quem sab sentir o real calor numa noite d inveno
Quem sab refrescar minhas tardes d verão.

Pecado.
Redenção.

Sonhos.

Quem sab qnd ?
Quem sab ?

sábado, 3 de abril de 2010

Sobre o pânico de viver


Vento suavemente tocando meu rosto.

Eu,
Q amargo a sina da absoluta tristeza,
Repenso os dia, por sonhar na blz da vida.

Entrego-me à crueldade do tempo.
Vão-se unhas, kblos, dentes
(E a esperança d encontrar a felicidade).

A morte ainda reluta.
Resta a ofegante respiração.

Segue o vento,
Segue a tristeza.

E os sonhos...
Seguem tb, os sonhos.

Da mínima loucura ao juízo perfeito.

Ofegante, sim.
Vivo, ainda.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Temerosa Existência


Vozes ao fundo,
Assustam-me.

Acho-me imerso no nd.
Por isso o medo,
Por isso essas mãos desesperadas sobre a kbça.

Medo d estar soh
(Ou da loucura).

A arte bizarra daquela prisão sem muros.

Pega a garrafa,
Dou um gole a mais,
Fujo do mundo dos homens.

Gira minha mente.
Encontro meus sonhos
(E pesadelos).

Vozes ao fundo
Assutando-me.

Encosto-me na velha arvoré.
Fecho os olhos e durmo.

Esqueço a vida.

(Enquanto uma ave negra pouso em meu ombro).
 
Free Blogger Templates