quarta-feira, 10 de março de 2010

Do equilíbrio ao amor ou vice-versa


Certa vez, li um texto q falava sobre relacionamentos.
Claro, eu jah havia lido tantos outros textos deste tipo q talvez nem fosse levar mais um muito em conta. Entretanto, aquele texto parecia me fazer refletir um pouco mais q o restante.
Nele - algo em torno d duas páginas, senão me falha a memória -, o autor dizia, dentre outras coisas, q nós ñ deveríamos nos entregar demais, nem deveríamos nos entregar d menos a alguém. Dizia q uma relação d verdade deveria ter o equilíbrio como foco principal.
Eh tão relativo, esse lance d 'equilíbrio'...
Sei lah... Vc tah com alguém; quer ver esse alguém sorrindo, feliz, d bem com a vida e tal'z, mas às vezes se esquece da própria felicidade.
Ah ! Alguns dizem q amar eh querer a felicidade dos outros mais q a própria, mas será q eh isso msm ??
Minha opinião eh: Não. Quem ama quer ser feliz ao lado do outro; quer q o outro seja feliz ao estar em sua companhia, e ñ propriamente 'soh' a felicidade do outro.
Complicado d entender ?
Nada. Isso eh tão simples. Basta lembrar das pessoas q vc jah amou (ou pelo menos acha q amou). Aquela guriazinha do ens. médio ou aquele rapaz da rua. Era tão bom ter a companhia deles, neh ?!
Aí eu questiono: qnts coisas legais vc fez por essa pessoa ?? Muitas ?! Ótimo.
E qnts coisas legais essa pessoa fez por vc ??
Agora façamos uma comparação: vc ficava feliz em qlqr uma das duas situações, certo ?
Pois eh... Ñ eh q o bendito equilíbrio eh mais importante do q se pensava ?!
Amar eh ótimo. Ser amado - e saber disso -, também.
O amor talvez seja o sentimento mais complexo d tds, formado d tantos outros sentimentos complementares. O amor mais bonito q existe eh aquele formado por dois corações q se unem e se equivalem. Algo semelhante a uma gangorra, onde vai se equibrando e sorrindo, mas a partir do momento q pesa demais pra um lado ou pra outro, a brincadeira pod acabar.
Medo da queda todos têm. Medo da rejeição, idem. Contudo ñ se pode deixar q amar rimar com submissão.
Entregar seu amor à outra pessoa eh maravilhoso, mas lembrando-se d se amar antes d td, afinal, se vc msm ñ se ama, como outra pessoa pode ser capaz d fazê-lo ?

Engraçado estar começando a ver td isso agora...




♫ "Amar ñ eh ter ter sempre certeza
Eh aceitar q ngm eh perfeito pra ngm
Eh saber ser vc msm e ñ precisar fingir
Eh tentar esquecer e ñ conseguir fugir" ♫

1 opiniões:

Lara disse...

Concordo contigo, Júlio. Não há amor sem equilíbrio. Aquele amor que rima com dor é mentira. (Aliás, quase todos os pensamentos prontos, destes que lemos na internet são mentira. Como ler uma reportagem que diz como ganhar alguém em 10 dias. Mentira.) As pessoas são muito mais complexas. Mas também não podemos esquecer que ninguém no mundo sabe da verdade absoluta. Quem é que está certo, afinal? Não sei. Cada um sabe do amor que tem. Acredito que importante mesmo é saber enxergar o outro sem projeções, sem ficar procurando a perfeição romântica. Ver a pessoa que está contigo de verdade. O amor é complexo sim, mas também é extremamente simples.

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates