sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Num dia qlqr


Hj,
Um dia qlqr,
Desses q folheamos em jornais.

O mundo.
E a vida.
E tudo + q seria (ou eh) possível...

Ao me redor,
Bêbados,
Nerds, Hackers,
Noivos, viúvos,
Homens, mulheres e crianças

Exigem do amanhã
O q ñ souberam ganhar hj...

Desejam céus,
Terras,
Mares,
Guerras

Pequenos tributos ao vivos,
E choro dos mortos.

Atrás da porta,
Nem anjos,
Nem demônios,
Soh um garotinho ingênuo aprendendo...

Ñ quer saber d ond vinham as coisas,
Mas o pq delas virem.

Pobreza,
Riqueza,
Desigualdade.

Ou trovões
E relâmpagos...

Pq ?

Segue o tributo aos vivos.
Segue o choro dos mortos.

Mais a frente,
Freneticamente,
O garoto ri.

Ainda ñ sab pq,
Mas

Ri.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates