sexta-feira, 30 de outubro de 2009

À caminho


Qnt à mim,
Estarei numa dessas vielas da vida.
Fugindo dos problemas e respondendo pelo óbvio...

Ñ chamarei a tal solidão simplesmente por seu nome d praxe.
Direi apenas q sua presença me eh indiferente,
E q, possivelmente, ñ me incomodará mais.

O q tanto me atrapalhava, me sufocava,
Hj ñ mais cruza meu caminho.

Hj,
Tenho juventude,
Tenho força,
Tenho coragem.

Meu paraíso particular se torna mais belo.

Solitário, talvez por nome,
Sigo feliz.

(Ou ao menos finjo)

Olho para trás.
Vejo as pegadas q ainda restaram.

- Estranho. Muito estranho.

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates