quarta-feira, 1 de julho de 2009

À espera


E naquela hora outra porta se abrira...

Era mais uma chance q a felicidade o dava.

Toda dor e sofrimento se esvaecia d sua mente,
Tornando-o mais livre,
Mais leve,
Mais vivo.

Seu confronto interno havia se encerrado.
Passava a ver seu futuro c/ mais clareza,
E menos ansiedade.

Lah fora, o sol ardia em sua pele.
Via q as pessoas lhe retribuiam os olhares e sorrisos.
E ateh o ar q lhe entrava, parecia + puro...

Era um sonho...

Ñ.
Era td real.
Td, ironicamente, relacionado ao amor...

Finalmente, havia percebido:
Ñ precisava ir atrás do amor...

O amor viria ao seu encontro.

Restava-lhe esperar...

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates