terça-feira, 30 de junho de 2009

Cinzas

Minha inegável fragilidade se expõe ao mundo...

Ñ q minhas ações sejam tão óbvias,
Apenas meu cansado coração q ñ + aguenta tanta expectativa,
Tanta falsa esperança.

Diante d meu semblante explícito,
Muitos recuam,
Temem,
Ou irritam-se.

Então proseguimos,
Eu e meu emocional,
Nessa antiga disputa,
Lutando ateh o último suspiro da noite...

Buscando muito mais q a simples sensatez.
Necessitando aturar, um ao outro,
E suportar kd instante d pranto,

Ateh q a chama do se diz amor ñ mais ilumine meu dia...

0 opiniões:

Postar um comentário

 
Free Blogger Templates